Digite algo para iniciar a pesquisa

Desagravo contra atos de juiz e delegado reúne cerca de...

personCidades access_time23 Setembro 2017

Presidente da OAB Mirassol D’Oeste, que engloba a comarca de Araputanga, Gustavo Cardoso fez questão de frisar que a ação não pretende retirar delegados e juízes da comarca, mas sim...

Princípio da anterioridade da legislatura não se aplica à verba...

personCuriosidades access_time23 Setembro 2017

(...)deve ser condicionada à comprovação de que não haverá redução prejudicial de dotações já comprometidas com as despesas normais de manutenção e funcionamento das respectivas Casas Legislativas

Polícia Civil apreende dinamites que seriam usadas para explosão de...

personGeral access_time22 Setembro 2017

Três bananas de dinamites que supostamente seriam usadas para explodir a Cadeia Pública de Primavera do Leste (231 km ao Sul) e a Delegacia Especializada de Roubos...

Artigo

Morador de Araputanga pode ter sido assassinado na fronteira

home access_time chat_bubble_outlineCidades
FONTE

A pergunta que inundou as redes sociais, no domingo 25 de junho, versava sobre o crime contra o Senhor Elizeu Lacerda, morador de Araputanga. O questionamento buscava saber se o crime bárbaro de fato ocorreu na propriedade do araputanguense, acerca de dez quilômetros da fronteira com a Bolívia.

As autoridades policiais ainda não se pronunciaram oficialmente sobre a questão e, em todos os contatos que a Redação da Folha fez, nas Polícias de Araputanga e Porto Esperidião, as respostas não foram conclusivas.

 Hoje pela manhã, um policial informou apenas que policiais do Gefron juntamente com peritos estavam na propriedade onde o crime ocorreu e, ainda não teriam voltado.

Consta que Elizeu Lacerda foi assassinado com projétil de arma de fogo, a casa teria sido incendiada. Há cerca de duas décadas, a família Lacerda perdeu um de seus membros que foi assassinado na região de fronteira.

Elizeu Lacerda estudou na Escola João Sato e, morou com seus familiares à Rua Carlos Luz, no centro da Cidade; atualmente tinha residência no Bairro São Sebastião; a notícia do crime bárbaro chocou a cidade.