Digite algo para iniciar a pesquisa

CAMPOS DE JÚLIO - Justiça suspende contrato de serviços de...

personGeral access_time21 Setembro 2017

Por CLÊNIA GORETH A Justiça acolheu pedido liminar efetuado pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso e determinou a suspensão de um contrato firmado entre...

ARRECADAÇÃO – Araputanga recebeu R$2,45 milhões de reais em agosto/2017

personCidades access_time21 Setembro 2017

O mês de agosto/17 rendeu, a título de transferências constitucionais para o município de Araputanga R$2.450.275,60 (Dois milhões, quatrocentos e cinquenta mil, duzentos e setenta e...

ARAPUTANGA - Pequeno acidente próximo à Rodoviária

personCidades access_time21 Setembro 2017

Um pequeno acidente entre dois veículos, um Nissan, cor branca, placas de Araputanga QBH 1669 ano e modelo 2014 e um Fiat Uno, cinza, placas JDU...

Artigo

ARAPUTANGA – Durante briga mulher mata marido, no Bairro Cidade Alta

home access_time chat_bubble_outlineCidades
FONTE

Um crime ocorreu por volta de 01h00min da madrugada de hoje (24), no Bairro Cidade Alta.

As primeiras informações ainda não confirmadas com autoridade policial indicam que um casal – Rodrigo e Cristiane desentendeu e o homem teria agredido a mulher.A vítima desferiu uma facada no agressor que foi a óbito.

A perícia já esteve no local.

A reportagem da Folha obteve relato do Boletim de Ocorrência registrado na 2ª Cia PM de Araputanga, que descreve: por meios próprios, populares conduziram Rodrigo ao Hospital de Araputanga onde teria sido atendido pelo plantonista, porém,  o médico informou que já havia ocorrido o óbito.

O Boletim Policial lavrado na Polícia Militar relata que o crime ocorreu devido uma discussão familiar na qual o homem chegou embriagado em sua residência  e no decorrer da discussão a esposa/suspeita utilizou-se de uma faca para se defender de uma possível agressão física, vindo a perfurar a vitima no peito.

Policiais promoveram diligencias no intuito de localizar a suspeita pelo crime; uma viatura e policiais estiveram na residência onde o fato ocorreu, porém,  a mulher havia evadido do local, deixando apenas o portão aberto. Ao entrar, os policiais teriam encontrado os vestígios (faca, sangue) decorrentes da discussão.