Digite algo para iniciar a pesquisa

ARAPUTANGA – Ponte podre, no Córrego do Bagre, não suportou...

personCidades access_time17 Janeiro 2018

Por - Tony Carlos A Redação da Folha recebeu, ontem (16/ 01), fotos de uma ponte de madeira, que oferecia grande perigo aos condutores de veículos...

6º CR/PMMT - PM apreende adolescente com drogas e procura...

personCidades access_time17 Janeiro 2018

A Policia Militar apreendeu na madrugada desta quarta-feira (17.01) na cidade de Cáceres (a 216 km de Cuiabá), a adolescente K.C.M.M, de 14 anos, com cerca de...

PRECIPITAÇÃO - Intensidade das chuvas tem aumentado nos primeiros quinze...

personCidades access_time15 Janeiro 2018

Nos primeiros quinze dias de 2018 as chuvas que precipitaram sobre Araputanga, foram causa de alagamentos em alguns locais que tradicionalmente acumulam maior número de água...

Artigo

ARAPUTANGA – Durante briga mulher mata marido, no Bairro Cidade Alta

home access_time chat_bubble_outlineCidades
FONTE

Um crime ocorreu por volta de 01h00min da madrugada de hoje (24), no Bairro Cidade Alta.

As primeiras informações ainda não confirmadas com autoridade policial indicam que um casal – Rodrigo e Cristiane desentendeu e o homem teria agredido a mulher.A vítima desferiu uma facada no agressor que foi a óbito.

A perícia já esteve no local.

A reportagem da Folha obteve relato do Boletim de Ocorrência registrado na 2ª Cia PM de Araputanga, que descreve: por meios próprios, populares conduziram Rodrigo ao Hospital de Araputanga onde teria sido atendido pelo plantonista, porém,  o médico informou que já havia ocorrido o óbito.

O Boletim Policial lavrado na Polícia Militar relata que o crime ocorreu devido uma discussão familiar na qual o homem chegou embriagado em sua residência  e no decorrer da discussão a esposa/suspeita utilizou-se de uma faca para se defender de uma possível agressão física, vindo a perfurar a vitima no peito.

Policiais promoveram diligencias no intuito de localizar a suspeita pelo crime; uma viatura e policiais estiveram na residência onde o fato ocorreu, porém,  a mulher havia evadido do local, deixando apenas o portão aberto. Ao entrar, os policiais teriam encontrado os vestígios (faca, sangue) decorrentes da discussão.