Digite algo para iniciar a pesquisa

DEFAZ: Polícia Civil cumpre buscas e conduções coercitivas em investigações...

personPolícia access_time20 Setembro 2017

 Na operação, os policiais também cumprem seis mandados de conduções coercitivas em desfavor do membros da Prefeitura de Nova Bandeirantes e prestadores de serviços, nas fraudes...

ARAPUTANGA - Bombeamento de água para tratamento parou por problemas...

personCidades access_time20 Setembro 2017

O Transformador da captação de água, do Serviço Municipal de Água e Esgoto, passa por problemas (queimou). A Gestão Municipal de Araputanga, que trabalha para...

MP firma TAC com empresa para concluir rede de captação...

personCidades access_time20 Setembro 2017

Por: Jana Pinheiro - Terça, 19 de set O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Promotoria de Justiça Jauru, firmou Termo de Ajustamento...

Artigo

RECOMENDAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO - "Quadros" que caracterizam nepotismo, em Reserva do Cabaçal, devem passar por exoneração

home access_time chat_bubble_outlineCidades
FONTE

 

A representante do Ministério Público em Araputanga, Promotora Mariana Batizoco Silva, , instaurou Inquérito Civil através da Portaria 18/2017,  recomendando ao prefeito do Município de Reserva do Cabaçal, Sr. Tarcísio Ferrari, para promover exoneração de nomeados que se enquadrem em situações caracterizadoras da prática do nepotismo.

Ao Chefe do Poder Executivo reservense foi concedido prazo de cinco dias para que cumpra a Notificação Recomendatória 09/2017 e, outros dez dias para que o Administrador Municipal apresente o posicionamento adotado.

O Gestor poderá enfrentar Ação Civil Pública caso não siga a recomendação expedida pelo MPE. A Portaria que investiga supostos casos de nepotismo na gestão pública de Reserva do Cabaçal, entrou em vigor no dia 25 de julho. O Gestor já foi notificado.