Digite algo para iniciar a pesquisa

ARAPUTANGA – Ponte podre, no Córrego do Bagre, não suportou...

personCidades access_time17 Janeiro 2018

Por - Tony Carlos A Redação da Folha recebeu, ontem (16/ 01), fotos de uma ponte de madeira, que oferecia grande perigo aos condutores de veículos...

6º CR/PMMT - PM apreende adolescente com drogas e procura...

personCidades access_time17 Janeiro 2018

A Policia Militar apreendeu na madrugada desta quarta-feira (17.01) na cidade de Cáceres (a 216 km de Cuiabá), a adolescente K.C.M.M, de 14 anos, com cerca de...

PRECIPITAÇÃO - Intensidade das chuvas tem aumentado nos primeiros quinze...

personCidades access_time15 Janeiro 2018

Nos primeiros quinze dias de 2018 as chuvas que precipitaram sobre Araputanga, foram causa de alagamentos em alguns locais que tradicionalmente acumulam maior número de água...

Artigo

PERIGO: Baixa visibilidade e carroça na MT-175

home access_time chat_bubble_outlineCidades
FONTE

As condições de visibilidade para o tráfego na MT-175 entre Araputanga e São José dos Quatro Marcos, na manhã deste sábado (06), estavam bastante prejudicadas devido à cerração que se espalhou pela região, entre 06h30 e 07h40min.

CARROÇA NA ESTRADA

O trecho de rodovia, onde o acostamento é precário ou inexistente entre as duas cidades, tem sido palco para muitos acidentes nos últimos anos, como o que vitimou as pessoas no choque entre veículos, ao final da tarde no dia 19 de janeiro deste ano.

Em dias de cerração intensa, como a manhã de hoje (06), o perigo é companheiro de quem viaja, principalmente em estradas sem acostamento (caso da MT-175).

A reportagem registrou em foto, o perigo que os condutores e viajantes na carroça passaram, em meio à baixa visibilidade, na rodovia.

BURACOS

A reportagem percorreu a rodovia cujos buracos de então, foram eliminados com a vinda da Caravana da Transformação, a São José dos Quatro Marcos, nos primeiros dias do mês de março/17.

Na ocasião, em reunião com lideranças da região, o próprio governador ouviu o pedido de melhorias na sinalização, feito por um homem que sofreu acidente em rodovias da região e, sobreviveu com sequelas.

Passados sessenta dias do tapa-buracos, a trafegabilidade já está prejudicada em alguns trechos, cujos buracos foram renovados, com as chuvas que caíram em ao longo dos meses de março e abril na rodovia.