Digite algo para iniciar a pesquisa

Ação conjunta prende sete criminosos e resgata empresária em Cuiabá

personPolícia access_time18 Novembro 2017

A empresária Milene Falcão Eubank foi libertada às 05 horas da manhã deste sábado (18), em uma casa no bairro Centro América, em Cuiabá. A empresária...

ARAPUTANGA – Lago Azul começa a ser preparado para festividades...

personEspeciais access_time16 Novembro 2017

O vereador Ilídio disse que haverá surpresa

COMBATE À CORRUPÇÃO - MPF obtém prisão preventiva de três...

personBrasil access_time16 Novembro 2017

Atendendo a pedido do Ministério Público Federal (MPF), o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) ordenou hoje (16) a prisão preventiva dos deputados estaduais Jorge...

Artigo

Autores de roubo em Pontes e Lacerda têm prisão cumprida pela Polícia Civil

home access_time chat_bubble_outlineCidades
FONTE

 

Dois homens apontados como autores de um roubo ocorrido em Pontes e Lacerda (448 km a Oeste) tiveram mandados de prisão cumpridos pela Polícia Judiciária Civil, nesta segunda-feira (22.05). Os acusados, Hemerson Lopes Machado e Maxuel Aguiares Rodrigues tiveram as ordens de prisão decretas com base em investigações da Delegacia de Pontes e Lacerda.

Nas investigações, os suspeitos foram identificados como autores do roubo de uma motocicleta, ocorrido no mês de setembro de 2016. Na ocasião, os criminosos em poder de uma arma de fogo, abordaram a vítima no bairro Santa Cruz e exigiram que ela entregasse a sua motocicleta Honda Biz, assim como seus pertences pessoais.

Na época, a equipe de investigadores da Delegacia de Pontes e Lacerda realizaram diligências e conseguiram efetuar a prisão de Hemerson, porém como o suspeito não estava em situação de flagrante, o juiz relaxou a prisão. Durante o inquérito policial, foi identificado Maxuel como comparsa de Hemerson na ação criminosa.

Em fevereiro deste ano, Maxuel foi preso em flagrante por tráfico de drogas e com sua detenção, os policiais descobriram que Hemerson fugiu para a cidade de Cerejeiras, Rondônia. Na conclusão do inquérito policial, foi representado pela prisão preventiva dos dois investigados, decretada pela Justiça.

Com as ordens judiciais expedidas, Hemerson teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil de Cerejeiras (RO), enquanto Maxuel  teve a prisão cumprida no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cáceres, pelos policiais civis da Delegacia Regional de Cáceres. 

Fonte:PJC/MT