Digite algo para iniciar a pesquisa

Ação conjunta prende sete criminosos e resgata empresária em Cuiabá

personPolícia access_time18 Novembro 2017

A empresária Milene Falcão Eubank foi libertada às 05 horas da manhã deste sábado (18), em uma casa no bairro Centro América, em Cuiabá. A empresária...

ARAPUTANGA – Lago Azul começa a ser preparado para festividades...

personEspeciais access_time16 Novembro 2017

O vereador Ilídio disse que haverá surpresa

COMBATE À CORRUPÇÃO - MPF obtém prisão preventiva de três...

personBrasil access_time16 Novembro 2017

Atendendo a pedido do Ministério Público Federal (MPF), o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) ordenou hoje (16) a prisão preventiva dos deputados estaduais Jorge...

Artigo

Amigo da família é preso por estupro de menina de 12 anos em Pontes e Lacerda

home access_time chat_bubble_outlinePolícia
FONTE

Um homem acusado de estupro de vulnerável de uma menina de 12 anos teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, na segunda-feira (05.06), no Distrito de Adrianópolis, em Pontes e Lacerda (448 km a Oeste). O suspeito, O.S. de 51 anos, era amigo da família da menor e aproveitava da relação para praticar os abusos contra a adolescente.

As investigações iniciaram após a mãe da vítima procurar a Delegacia de Pontes e Lacerda para denunciar o crime. O acusado é motorista de ônibus e por ser amigo da família, costumava a visitar a casa em seus intervalos. A família só tomou conhecimento dos abusos após a menina contar para o primo que o suspeito tirou fotografias dela sem roupa.

Em conversa com a tia, a menor admitiu que por diversas vezes o acusado passou a mão pelo seu corpo e que certa vez pediu para que ela tirasse a roupa. Segundo a vítima, o suspeito fez fotografias dela nua e esfregou o órgão genital nela, porém, a pedido dela, não consumou a conjunção carnal. As fotos foram tiradas dentro do ônibus.

Durante os abusos, O.S. chorava e pedia para que a menina não contasse a ninguém, caso contrário ele seria preso. Em uma das situações, ele deu R$ 20 para agradar a vítima. Diante dos fatos foi representado pelo mandado de prisão contra o suspeito, decretado pela Justiça e cumprido na segunda-feira (05).

O suspeito foi localizado em sua residência, no distrito de Adrianópolis, onde teve a ordem de prisão cumprida.

Fonte: Polícia Civil MT