Digite algo para iniciar a pesquisa

Operação transfere 220 presos da Penitenciária de Alcaçuz

personGeral access_time18 Janeiro 2017

A operação de hoje tem como objetivo evitar conflitos entre as facções e conta com as forças especiais da Polícia Militar e da Secretaria de Justiça...

Policiais militares salvam criança de afogamento em Campo Novo dos...

personGeral access_time18 Janeiro 2017

Policiais militares de Campo Novo dos Parecis salvaram a vida de um menino de seis anos, vítima de afogamento. O fato ocorreu na manhã...

QUATRO MARCOS: Saldo de cinco mortos em colisão na...

personCidades access_time18 Janeiro 2017

A população foi colhida de surpresa com a notícia de um grave acidente registrado na MT-175 cerca de três quilômetros após a curva da Casemat,...

Artigo

Dois mortos no Km 2 da MT 175, próximo a Mirassol D’ Oeste-MT

access_time chat_bubble_outlineCidades
FONTE

     Um telefonema da senhora Sandra alertou a reportagem da Folha de Araputanga no início da noite de ontem (09) para o acidente que paralisou o trânsito na chegada de Mirassol D' Oeste-MT.

    Um quadro estarrecedor. Essa uma das descrições para quem se aproximou do local do acidente ocorrido com o veículo GM Vectra Placas NKO 4964 de São José dos Quatro Marcos.

     Os três ocupantes do veículos viajavam na MT 175 partindo de  Mirassol, no sentido S.J.Quatro Marcos e, no segundo quilômetro da rodovia, ao que tudo indica, em altíssima velocidade o condutor Sr. Edson Aparecido Alves Seles perdeu o controle, saiu da rodovia colidindo de frente com uma árvore.

     Com a gravidade do impacto e consequentemente dos ferimentos, o condutor, Sr. Edson faleceu no local do acidente. A ocorrência policial nº 789 registrada  no Comando Regional VI de Mirassol D’ Oeste aponta, também que outro passageiro Sr. Agnaldo Peruche recebeu socorro ainda com vida, porém, faleceu no Hospital Mater Dei.

     Outro ocupante Marcos Aurélio Almeida da Silva “vulgo Suco” foi socorrido e conduzido para o Hospital Regional, em Cáceres, onde recebeu cuidados médicos.

     Um irmão da primeira vítima estava no local mas, emocionado não teve condições para prestar informações. Apesar do grande número de pessoas, ninguém ousava seque falar o nome inteiro das vítimas.

     A gravidade do acidente ocorrido por volta de 17h10min tornou o trânsito no local bastante lento, inclusive depois das 20 horas o veículo continuava no mesmo lugar com um corpo aguardando a perícia. Dezenas de pessoas acompanhavam o fato in loco promovendo lentidão no tráfego e tornado  as proximidades de alto potencial para novo acidente.

  Fotos da tragédia podem ser vista no link a seguir: http://www.folhadearaputanga.com.br/index3.php?pg=evento&id=349